Crivella aprova Taxi.Rio no primeiro dia de operação do aplicativo

O prefeito do Rio de Janeiro, Marcelo Crivella, foi um dos primeiros usuários a testar o Taxi.Rio nessa quarta-feira, primeiro dia de operação da plataforma pioneira no país, que permite a reformulação da gestão do serviço de táxi na cidade. Logo às 6h, Crivella usou o aplicativo para se deslocar de casa, na Barra da Tijuca, na Zona Oeste, até a sede da Prefeitura, na Cidade Nova, no Centro. O prefeito aprovou novo sistema.

– O serviço funcionou muito bem. O aplicativo mostra quantos veículos estão próximos da minha localidade e quais oferecem os melhores descontos. Todos os motoristas são cadastrados na Prefeitura, uma garantia para a população que quer de deslocar com segurança – avaliou o prefeito, que destacou que o sistema foi integralmente desenvolvido pela Empresa Municipal de Informática – IplanRio.

Crivella esperou o motorista por cerca de 10 minutos. Já o tempo de percurso, que passou pela Linha Amarela, Avenida Brasil, Avenida Francisco Bicalho e Avenida Presidente Vargas, levou menos de 45 minutos. A corrida, com desconto de 40%, saiu a R$ 46,00, dez reais a menos se a corrida tivesse feita sido de Uber, por exemplo. O prefeito fez questão de pagar o preço cheio, R$ 78,00.

– Seria uma grande vantagem (desconto), mas vou ajudar o Luan (taxista), que foi um excelente motorista e me atendeu muito bem. Como há possibilidade de avaliar o serviço, dou nota 10 pra ele, no aplicativo, dei cinco estrelas (nota máxima) – explicou o prefeito, que ressaltou ainda que a competição saudável consegue manter a qualidade dos serviços e o preço competitivo.

– Estamos defendendo a economia popular. Nada contra os aplicativos. Nós não queremos é que acabem os táxis, que são regulamentados pela Prefeitura e são – os amarelinhos – um patrimônio imaterial da cidade – destacou Crivella.

O taxista Luan Silva gostou da nova ferramenta de trabalho. Como é motorista auxiliar, além de pagar diária também sofre com as taxas que são cobradas pelos outros aplicativos disponíveis no mercado.

– Com o Taxi.Rio o valor da corrida é todo de quem realmente trabalha ao volante. Dessa forma, temos autonomia para decidir quanto poderemos dar de desconto para o passageiro. O sistema está aprovado – comemorou.

Outra vantagem do Taxi.Rio é calcular o tempo da viagem e acompanhar o trajeto do taxista até o ponto de embarque. Os taxistas já podem fornecer para a Prefeitura informações em tempo real sobre as condições da cidade, por meio de sua geolocalização. Os mais bem avaliados pelos passageiros terão prioridade para trabalhar em grandes eventos, como Réveillon, Carnaval e Rock in Rio.

Com o Taxi.Rio, os passageiros podem visualizar os táxis mais próximos no momento da solicitação da corrida, escolher o serviço por faixa de desconto, conferir o valor a pagar, incluindo preço apurado, descontos, bandeirada, além da possibilidade de avaliar o taxista ao final da viagem, e consultar o histórico de corridas no site www.taxi.rio na área do passageiro.

O pagamento das corridas pode ser feito diretamente para o taxista, em dinheiro ou no cartão de crédito/débito, utilizando o terminal de pagamento disponibilizado pelo motorista. Na primeira versão, não haverá o recurso do pagamento através do aplicativo. Mas novidades já estão a caminho.

– Na segunda versão, o pagamento pelo cartão de crédito embarcado no aplicativo já estará disponível. Para isso, a Prefeitura também está construindo um modelo de negócio inédito para o mercado público, através de um sistema que permitirá que o pagamento da corrida pelo cartão chegue ao taxista sem necessidade de passar pelos cofres públicos – explica Fabio Pimentel, presidente do Iplan Rio e responsável pelo desenvolvimento da plataforma.

Em destaque como principais benefícios para os taxistas estão a ausência da cobrança da taxa de licenciamento do aplicativo, e a autonomia na escolha do percentual de desconto que será oferecido aos usuários. Para os passageiros, o Taxi.Rio promoverá a segurança esperada em relação ao taxista e o uso de aplicativos, pois trata-se da prestação de um serviço regulamentado pela Prefeitura.

O cadastramento dos taxistas no Taxi.Rio continua sendo realizado pelo portal www.taxi.rio e a adesão ao programa é opcional. O taxista que adotar a utilização do aplicativo deve aceitar os termos de uso, concordando com o compromisso de utilizar o serviço para fins estritamente legais. Há ainda outras condições indispensáveis, como possuir um smartphone com sistema Android e pacote de dados ativo para acessar à Internet.

Serão utilizadas duas versões nas lojas virtuais: uma para o taxista, em que a imagem é azul com fundo amarelo, e outra para o passageiro, com a logomarca amarela e o fundo azul.

Nesta primeira versão, o app será disponibilizado apenas para dispositivos com sistema Android.

Cadastre-se agora e fique por dentro do que rola no Recreio e adjacências!

CADASTRE-SE AGORA!

CADASTRE-SE AGORA!

Nome Completo:

E-mail:

Celular:
-

Qual bairro em que você mora?

Se respondeu outros na pergunta acima, especifique.

REGRAS

1 - O Blog do Recreio só enviará boletins informativos e promoções.
2 - O WhatsApp do Blog do Recreio não é um grupo de discussão.
3 - O cadastrado que enviar ao Blog do Recreio conteúdo considerado impróprio será excluído da lista.
4 - Você pode contribuir enviando notícias, denúncias no bairro e fotos.
5 - É obrigatório o cadastro para receber os boletins informativos.
6 - Não serão incluídas pessoas sem o devido cadastro.
7 - Para sair da lista do WhatsApp, basta comunicar pelo formulário no "Fale Conosco" e selecionar "Sair do WhatsApp". Lembramos que o cadastro será excluído e que para reativar o recebimento das mensagens será necessário um novo cadastro.
8 - Ao enviar o formulário você concorda com todas essas informações.

Aceito os termos acima.

Digite os dados no campo abaixo:
captcha

Veja também

Recreio Shopping promove campanha de doação de sangue

Na próxima quarta-feira, 11 de outubro, um passeio no Recreio Shopping pode ajudar a salvar …

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

*